domingo, 16 de maio de 2010

Probabilidades

Comprei "O Andar do Bêbado" hoje. Ninguém me indicou nem conheço ninguém que tenha lido, mas umas duas semanas atrás, vi numa livraria do Rio e fiquei curiosa pra caramba. O livro fala de como o acaso influencia nossas vidas e de como tudo pode ser determinado por probabilidades. Aparentemente.

Ainda não abri, mas me identifiquei porque boa parte das minhas horas de ócio - e das produtivas também - passo bolando teorias sobre a vida, o universo e tudo mais (às vezes o nível de afloramento da minha alma nerd me surpreende). E precisaria de uma mesa de bar ou uma longa tarde de café pra explicar em que elas consistem. Mas basicamente, uma das indignações da minha reles existência tem a ver com... a existência. Se é que alguma coisa nesse mundo é real.

E se tantos caras - físicos, matemáticos, filósofos, maluquinhos em geral - passaram tanto tempo de suas vidas teorizando sobre elas, achei que estava na hora de começar a entender o que eles pensam, e o livro está lá em cima da cama. Mas preciso terminar "O garoto no convés" antes dele (não que eu seja justa, porque pelas minhas contas tem 27 livros na pilha "a ler" do meu armário). Mas vejamos.

3 comentários:

Andrea disse...

ahá. a existência, essa desvairada sem pai... cá, eu estou imaginando as relações de probabilidade presentes no "andar do bêbado". 50% de chance d'ele ser atropelado. 1,2% de chance de ser atropelado por uma jamanta e [...]
eu tenho uma lista de livros pra ler. toda vez que leio um, vou lá e risco o dito cujo da lista. o negócio é que rola um problema de proporcionalidade: para cada livro lido, outros 5 são acrescentados à lista. u.u' aí é difícil... mas força, um dia chegamos lá.

beijo! =]

Cláudia disse...

Toda lista de livros que a gente monta é uma pequena risadinha marota que o universo dá. Mark my words.

:)

Mar e Ana disse...

A minha lista tbm tá parada... ainda mais agora com os livros de rp no meio do caminho -.-

depois q vc ler, indica ae no blog? :D

:*